11 3933-7599

Por que investir na reciclagem de sacos de lixo? Entenda mais neste artigo da Altaplast.

Dentre os principais materiais encaminhados para o processo de reutilização, o plástico destaca-se como um dos mais comuns e, também, que mais geram benefícios para o meio ambiente quando corretamente reaproveitados. No entanto, em meio a diversos tipos de materiais, é comum que muitas pessoas questionem-se sobre como realizar a correta reciclagem de sacos de lixo. E é sobre isso que a Altaplast fala neste artigo.

Em geral, quando realizada da forma correta, a reciclagem de sacos de lixo consiste, basicamente, em três principais processos, sendo estes: coleta e separação, onde é feita a separação dos resíduos orgânicos do saco plástico; revalorização, momento no qual o saco plástico já separado passa por um processo que faz com que ele volte a ser matéria-prima; e transformação, fase final, em que o material transformado gera um novo produto, completando o ciclo de reaproveitamento e reciclagem.

Sobretudo, existem, também, três tipos diferentes de reciclagem de sacos de lixo, que geram produtos e benefícios distintos. O primeiro destes é a reciclagem mecânica, que consiste em transformar os sacos em pequenos grânulos, que podem ser utilizados na produção de novos materiais, como sacos de lixo, embalagens, peças de automóveis, etc. Por outro lado, a reciclagem química trata-se do modelo mais elaborado, que reprocessa os sacos plásticos para transformá-los em materiais petroquímicos básicos. Por fim, a reciclagem energética baseia-se na reciclagem dos sacos por meio de sua transformação em energia térmica e elétrica, através do processo de incineração.